Matheus Iorio desencanta em Curitiba pela Carrera Cup 3.8, enquanto Fran Lara ratifica etapa dominante na GT3 Cup 3.8

A segunda prova da 3.8 marcou a primeira vitória de Matheus Iorio. O piloto do Porsche Junior Program em algum momento liderou as quatro corridas do ano, mas foi em Curitiba que viu a bandeira quadriculada antes dos concorrentes. Enzo Elias fez segundo lugar, com Felipe Baptista em terceiro.

Na largada, Chico Horta disparou da quinta para a primeira colocação vindo por fora, deixando Matheus Iorio, Fran Lara, Marco Billi e Enzo Elias completando o Top 5. No entanto, Horta acabou punido por queimar a largada e saiu da briga pelas primeiras colocações.

Antes mesmo de cumprir a punição, Horta acabou ultrapassado por Iorio, enquanto Enzo Elias passou por Billi e Lara, ambos da classe GT3. Elias também passou Horta antes de este entrar nos boxes. Já naquele momento Iorio tentava construir uma boa vantagem sobre Elias.

Quem já fazia ótima corrida era Felipe Baptista, que, com belas ultrapassagens sobre Lara e Billi, além da punição a Horta, subiu para terceiro, embora já a seis segundos de Enzo Elias. Com pista livre, Baptista fez três vezes seguidas a melhor volta da prova e partiu em busca dos líderes.

Na GT3, Billi seguia na primeira colocação, em quarto no geral, enquanto Lara vinha em sexto, atrás de Marcelo Tomasoni. Fran tentou passar Tomasoni na chicane mas passou reto e perdeu posição para Gustavo Kiryla, que alcançou o sexto lugar no geral.

Na frente, Iorio seguia controlando uma vantagem que rondava um segundo, e Baptista, embora um pouco mais rápido do que os dois, não conseguia tirar significativamente a desvantagem para os primeiros colocados. Após vazar a chicane no fim do retão, Felipe ficou um pouco mais para trás.

Faltando cinco minutos, Kiryla partiu para cima de Billi, que, após um contato, rodou na entrada da reta oposta e caiu da liderança da GT3 para o quinto lugar. Lara herdou a ponta na GT3 e o sexto no geral, mas acabou superado por Raphael Reis em recuperação após largar em último.

Nas voltas finais, Matheus Iorio controlou bem a diferença para Enzo Elias e Felipe Baptista e conquistou sua primeira vitória em 2019 e a primeira na Porsche Carrera Cup. Gustavo Kiryla, Marcelo Tomasoni e Raphael Reis vieram a seguir.

Na GT3, Fran Lara chegou em primeiro, à frente de Urubatan Júnior, Nelson Marc, Nelson Monteiro e Marco Billi.

O que eles disseram: 

“A prova foi muito legal, consegui fazer uma largada boa. Eu estava preocupado com isso, em largar em movimento. Das quatro largadas que eu fiz desde o começo do ano, foi de longe a melhor. E ter convertido isso em vitória me traz muita felicidade, depois de dois anos sem vitória e dois anos produtivos, mas difíceis na Europa. Chegar ao Brasil competindo em alto nível é muito bom”

Matheus Iorio

“Não esperava esse resultado. Nunca tinha corrido em Curitiba, são apenas duas corridas de Porsche, então fiquei muito feliz com o resultado. Acabei dando um pouco de sorte na segunda corrida com a rodada do Marco Billi, mas estou muito contente. Quero agracecer ao Max Wilson e ao Dener Pires pelo coaching e agora é manter a concentração para as próximas etapas”

Fran Lara

Resultados:

Carrera Cup 3.8 – Prova 2

1. Matheus Iorio, 20 voltas em 27s40min219
2. Enzo Elias, a 3s873
3. Felipe Baptista, a 4s595
4. Marcelo Tomasoni, a 22s404
5. Raphael Reis, 22s573
6. Fran Lara, a 30s327
7. Urubatan Junior, a 35s588
8. Nelsinho Marc, a 36s364
9. Nelson Monteiro, a 37s882
10. Marco Billi, a 38s170
11. Gustavo Kiryla, a 38s352
12. Ayman Darwich, a 50s165
13. Ramon Alcaraz, a 50s395
14. Andre Gaidzinski, a 53s890
15. Chico Horta, a 1min05s227
16. Eduardo Menossi, a 1 volta
17. Leonardo Sanchez, a 3 voltas
18. Cesar Urnhani, a 4 voltas
19. Paulo Totaro, a 5 voltas
DQ. SangHo Kim, desclassificado por atitude anti-desportiva

PARCEIROS