Adalberto Baptista e Nelson Monteiro vencem as primeiras provas da GT3 Cup 4.0 e 3.8 no Velo Città

A largada ocorreu sem incidentes, e Adalberto Baptista tomou o primeiro lugar à frente de Marcel Visconde. Mas logo depois, na Curva da Caipirinha, um contato múltiplo envolveu Márcio Mauro e Maurizio Billi em primeiro momento, e entre Dominique Teysseyre e Rouman Ziemkievicz na sequência, que ainda foi atingido por Paulo Totaro.

O safety car entrou na pista, e depois da bandeira verde, a ordem dos primeiros colocados tinha Adalberto, Visconde, Toni e Sylvio de Barros.

Já na 3.8, Nelson Monteiro, Carlos Renaux, Alexandre Auler, Marco Billi e Chico Horta formavam o top5. Na décima volta, Auler deixou a briga pelos primeiros lugares após perder rendimento.

A dez minutos do fim, houve uma batalha intensa entre Rodrigo Mello e Carlos Ambrósio pelo quinto lugar, enquanto Visconde partiu para cima de Baptista, que teve de trabalhar duro para neutralizar os ataques. Com isso, Toni chegou para a briga pela vitória faltando cinco minutos, trazendo com ele Sylvio de Barros.

A um minuto do fim, Rodolfo e Sylvio exageraram na Curva Zero ao tentar atacar os dois primeiros e saíram da pista. Rodrigo Mello aproveitou para assumir o terceiro lugar.

Adalberto resistiu até o fim e venceu a prova da 4.0, seguido de perto por Visconde, com Mello, Ambrósio e Ramon Alcaraz, que fez ótima recuperação após não se classificar na sexta-feira, completando os cinco primeiros.

Já na categoria 3.8, Nelson Monteiro administrou a vantagem sobre Carlos Renaux, com Marco Billi, Chico Horta, que reduziu a vantagem para o líder da tabela, e Alexandre Auler fechando o pódio.

O que eles disseram:

“O carro dele estava mais equilibrado, o meu estava bom. Depois do safety car, o carro dele foi melhorando e o meu foi ficando muito traseiro. Fiz de tudo para segurar a posição, colocava primeira marcha nas curvas de baixas pra segurar ele, nas de alta eu sabia que conseguiria me defender”.

Adalberto Baptista

“Foi um fim de semana complicado, quinta tempo bom, ontem muita chuva e hoje um tempo incerto. Foram muitos ajustes, muitas mudanças no carro e por isso a corrida teve muitos incidentes. Me preparei bem e fiz uma boa relargada, consegui fazer bons tempos e ir abrindo aos poucos. Foi um fim de semana cheio de desafios, com muito aprendizado. Estou muito feliz com o resultado, foi muito bacana.”

Nelson Monteiro

PARCEIROS